terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Pássaros pousados em pauta com clave sem Sol

 

Para a Teresa









38 comentários:

  1. Sabias que uma vez um músico "transcreveu" uma foto com passarinhos pousados assim em linhas desse género para uma partitura? :) E conseguiu compor uma música! Brilhante ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não sabia. E quem era esse músico? Muito interessante.

      Um beijinho, Estudante

      Eliminar
  2. Muito bonito e curiosa a informação dada pela Estudante.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fiquei curiosa por saber mais...

      Um beijinho, Papoila

      Eliminar
  3. ...às vezes uma clave sem sol pode ser uma clave de dó, mas nem sempre...:)
    Contei mais de noventa; voaram!
    Um beijinho com clave luarenta:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas nem sempre. Aqui, é apenas porque não havia sol.
      Pelas minhas deambulações pela cidade, descobri aquele bando pousado nos fios e pensei logo em ti. A clave não tem sol nem tem dó. Foi apenas um momento que fotografei e associei a alguém muito querido.

      Um beijinho, Teresa

      Eliminar
    2. Querida Miss Smile, desculpa-me, só agora é que percebi, foi no caminho para o cabeleireiro! À vinda já não havia pássaros, mas em compensação surgira um salgueiro-chorão com alisamento japonês. Gostei muito da fotografia e do nocturno, a combinação perfeita para uma clave sem sol.

      Um grande beijinho, com sol, para ti.

      Eliminar
    3. Francamente, ter a veleidade de ir fazer um alisamento num dia com clave sem Sol, com o céu a anunciar chuva e a humidade do ar a descontrolar a “quero-a-tina”, ao ponto de a Proteção Civil dos Cabeleireiros ter de emitir um alerta vermelho por causa da ondulação capilar é coisa para deixar até um veterano, como o salgueiro-chorão, à beira de um ataque de nervos. Isso, sim, é uma clave dolorosamente Dó.

      Um beijinho, querida Teresa

      Eliminar
    4. Até os passarinhos fugiram dele para secarem no estendal, receosos de ficarem com as penas em eriçamento...africano. Já não quero a tina, obrigada, ponho antes um chapéu, sempre disfarça. :) Lá, lá, lá

      Eliminar
    5. NO eriçamento era tal que, depois do concerto, e à falta de chapéus, os passarinhos voltaram para casa a pé, transformados em escovas de cabelo.
      Lá, lá, lá :)

      Eliminar
  4. A foto e o título estão um mimo!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Foto espantosa.....tenho uma parecida tirada no Tim